Cozinhar sem receitas: uma lasanha de umbigo de banana

Há muito tempo que estava com vontade de testar fazer lasanha de umbigo de banana, mas ainda não tinha encontrado a ocasião.

O umbigo de banana é um ingrediente que aceita muito bem os sabores que você adiciona a ele. Tem um leve amargor, que a gente retira em sucessivas fervuras, como expliquei em outra postagem sobre ele. Pra mim, o sabor fica entre o palmito fresco e a berinjela. E foi pela semelhança com a segunda que me ocorreu que fazer lasanha com umbigo de banana poderia ser interessante, pois ficam muito saborosas as lasanhas feitas com recheio de berinjela.

Lasanha é um prato bastante trabalhoso de se fazer – especialmente porque por aqui fazemos a massa, o recheio e o molho. Então pra nós é um prato trabalhoso e de ocasiões especiais. Mas mesmo com essa cara de prato extraordinário, ainda tem espaço pra um pouco de espontaneidade e improviso.

Dividi o trabalho em etapas. O molho foi feito na minha reunião anual do molho de tomate. Neste ano fizemos molho com 70kg de tomates, e congelamos, pra poder usar quando tivermos vontade. E o umbigo, piquei, deixei em água fervente por 5 minutos resfriando em seguida (chama-se branqueamento essa técnica). Fiz o processo de branqueamento duas vezes antes de congelar. É uma forma muito prática de ter umbigo de banana à mão, pois você pode fazer uma quantidade maior e economizar o trabalho, e depois congelar em porções pequenas pra preparar depois.

A ideia de usar umbigo de banana pra rechear uma lasanha foi um plano desde o dia em que branqueei o umbigo e congelei numa porção imensa. Já a receita da lasanha em si foi um improviso. Fiz com as coisas que estavam à mão. Refoguei alho, cebola, cenoura em cubos, e muita pimenta cambuci  – um tipo de pimenta de cheiro, que não arde e é muito saborosa, ao estilo do pimentão mas diferente dele. Com tudo refogado, pus o umbigo de banana previamente branqueado congelado, deixei amolecer. Por fim pus passas hidratadas no vinho, cogumelos portobelo e um pouco de orégano fresco que estavam lindos no vaso da horta. Desliguei o fogo e fui montando o recheio com ele: uma camada de molho, outra de massa, o recheio e um pouco de queijo. E é pouco queijo, que os sabores do recheio são delicados.

DSC_0480.JPG
Lasanha tem gosto de ocasião especial. Essa é a de umbigo de banana.

Nem sempre é preciso seguir receitas pra fazer um prato, e eu sou entusiasta de se pensar em livros de receitas (e também blogs que falem sobre comida) como indicações livres de sabores combináveis mais do que uma lista fixa a se prender. O umbigo de banana no recheio da lasanha realmente funciona bem, assim como a liberdade de inventar suas próprias receitas. Ambos valem uma tentativa.

Uma resposta para “Cozinhar sem receitas: uma lasanha de umbigo de banana”

  1. Confesso que fiquei muito feliz por ver sobre este assunto no Google, quando pesquisei e encontrei .
    Pois moro em fazenda rural e comemos (umbigo de banana) des de criança, já fiz lasanha de umbigo de banana e fez muito sucesso, uma lasanha que eu mesma enventei e fiquei​ muito feliz com os comentários positivos sobre o sabor, hoje é um dos melhores pratos que costumo fazer

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s